MEI do caminhoneiro tem regulamentação aprovada no Simples Nacional

Medida prevê que haverá um limite específico de receita bruta e alíquota diferenciada de contribuição previdenciária


Foto: Alina Souza

.

O Comitê Gestor do Simples Nacional aprovou nesta quarta-feira resolução que regulamenta o MEI Transportador Autônomo de Cargas. O chamado MEI-Caminhoneiro foi criado por lei complementarm, sancionada no dia 31 de dezembro de 2021.


A resolução beneficia o setor do transporte de cargas e prevê que haverá um limite específico de receita bruta e alíquota diferenciada de contribuição previdenciária para esses agentes econômicos.


O MEI é uma modalidade simplificada de negócio. Com sua formalização, o trabalhador passa a ter o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e pode emitir notas fiscais, além de ter acesso a benefícios previdenciários como auxílio-doença e pensão por morte.

.

Para o cidadão acessar o MEI, ele precisa entrar no portal Gov.br e conferir a página com todas as informações necessárias e as etapas para fazer o cadastro de forma rápida, totalmente digital e gratuita.