Nuvem que provoca tempestades impressiona moradores da Região Central do RS

Ela é a única que produz raios e granizo. Está associada com temporais, podendo provocar fortes rajadas de vento e chuva forte.


Foto: Patrick Guinalia/Arquivo pessoal

.

Uma nuvem que se formou sobre a Região Central do estado na última terça-feira (18) impressionou gaúchos das cidades de Santiago, Jaguari e Nova Esperança do Sul.

De acordo com o Climatempo, o vídeo mostra uma nuvem cumulonimbus, ou seja, uma nuvem de tempestade. Ela é a única que produz raios e granizo – e está associada com temporais.


"Essa nuvem chega até o topo da atmosfera, podendo ter uns 15 km de comprimento. Chegando ao topo da atmosfera, ela não consegue mais subir e acaba indo para os lados, por isso esse aspecto de cogumelo ou de bigorna", explica o meteorologista Fábio Luengo.


O excesso de calor armazenado na atmosfera e a umidade do ar elevada são as razões para a formação dessas nuvens. Elas se formam mais facilmente nos meses de verão devido à grande disponibilidade de calor e de umidade na atmosfera.


Durante a passagem dessas nuvens, é comum a ocorrência de chuva forte, raios e trovões. Também pode ocorrer a queda de pedras de gelo e ventar forte, com rajadas que podem passar dos 100 km/h.


O que está acontecendo

Uma massa de ar seco e quente que cobre o Rio Grande do Sul está elevando as temperaturas em todo o estado – é a "onde de calor". O Inmet divulgou um aviso para a maior parte do Rio Grande do Sul de que a temperatura deve ficar de 3 a 5ºC acima da média para esta época do ano.


"É um período de tempo desconfortável e excessivamente quente. Pode durar vários dias ou várias semanas. A temperatura deve estar acima de 32ºC, pelo menos, 5°C acima do normal em partes daquela área durante dois dias ou mais", explica a meteorologista Fabiene Casamento.

.

_________________ Matéria publicada pelo G1 RS